"Metade de mim é amor, e a outra metade também"
home Profile Meus Edits Parte de mim +Links
Adoçando as falas
O jeito é enfiar as mágoas embaixo do braço e seguir a vida.
Clarissa Corrêa.   (via autografia)
É como se você estivesse gritando e ninguém pudesse ouvir. Você quase sente vergonha de que alguém possa ser tão importante, que sem essa pessoa você se sente um nada. Ninguém nunca entenderá o quanto dói. Suas esperanças acabam, como se nada pudesse te salvar. E quando tudo acaba, você quase deseja que pudesse ter todas as coisas ruins de volta, para poder ter também o que era bom.
Rihanna. (via romantizar)
Eu sou daquele tipo de pessoa que gosta de carinho, conversar, amar, beijar, agarrar, sussurrar no ouvido, rir, chorar, ouvir, cuidar, de fazer quem eu amo feliz. Eu sou aquela pessoa que quando ama, ama de verdade, e que quando diz “eu te amo” é porque está disposto a tudo por você.
Pequeno Romeu (via reinverbos)
Três regras: não prometa nada quando estiver feliz; não responda nada quando estiver irritado; não decida nada quando estiver triste.
Tati Bernardi. (via inverbos)
Eu nasci no século passado. Nasci na época em que mandar flores era romântico e andar de mãos dadas era prova de amor. Me sinto perdido nessa nova era. Aonde “eu te amo” tornou-se saudação e o amor… Espera, o que é o amor? Acho que entrou em extinção.
Autor Desconhecido (via autografia)
E podemos passar o dia inteiro sem trocar uma só palavra mas, quando me deito, é você quem eu encontro em mim. Em cada parte. E mesmo que eu passe o dia inteiro negando a falta que você me faz ou tentando me fazer acreditar que estou melhor sem você, quando a noite chega, eu só espero escutar a tua voz me chamando de “amor” ou pedindo para que eu te coloque pra dormir. Porque, não importa o quanto eu negue ou tente evitar, meu coração chama por você.
Plenitude. (via reinverbos)
Eu nasci no século passado. Nasci na época em que mandar flores era romântico e andar de mãos dadas era prova de amor. Me sinto perdido nessa nova era. Aonde “eu te amo” tornou-se saudação e o amor… Espera, o que é o amor? Acho que entrou em extinção.
Autor Desconhecido (via inverbos)
FUTURASUICIDA ©